quarta-feira, 11 de maio de 2011

Será que Nasci Gay???


Alguém "nasce" gay?
 
É muito difícil emitir-se uma opinião acerca de um tema sobre o qual não de tenha qualquer experiência; ainda assim há vários temas que podem ser abordados por qualquer pessoa, a despeito do fato de não terem “experiência” no assunto, desde que tenham uma fonte confiável de informações a respeito do mesmo.
Não fosse assim, não teríamos os noticiários, as reportagens e documentários, bem como tantas outras notícias e informações que ao longo dos anos têm alimentado tanto nossa cultura quanto nossas ações e reações, as quais variam conforme os valores de cada um.
Neste espaço, procurarei traçar algumas elucubrações juntamente com você que está lendo estas linhas, e quem sabe, juntos, cheguemos a um consenso em relação ao assunto abordado. Longe de querer, aqui, assumir posição de dono da verdade ou juiz, contudo, antes de emitirmos qualquer parecer sobre qualquer tema, é necessário que tenhamos conhecimento do assunto.
O título que encabeça este artigo é polêmico, sem dúvida, uma vez que temos hoje em nossa sociedade quem defenda a situação homossexual como algo normal e nato, como se alguns indivíduos não escolhessem, mas nascessem assim.
Diante de tal idéia, defendida, aliás, por muitos, pelo menos em peso pela “ala gay”, não posso deixar de me posicionar não apenas como cidadão, mas também como cristão que sou e, acredito conhecedor de verdades ignoradas e negligenciadas por muitos.
Sendo assim, quero registrar aqui alguns dados que, embora considerados “antigos”, continuam tão atuais e reais como o foram em sua origem.
Inicialmente, evoquemos à lembrança a origem da vida na Terra...
Ainda que existam no mundo diversos livros considerados sagrados abordando tal assunto, como cristão, vou reportar-me sempre à Bíblia Sagrada e ao Evangelho de JESUS CRISTO ao abordar qualquer assunto.
Portanto, é ali que encontraremos a questão da origem da vida... A vida não surgiu por acaso! Há um Criador! De acordo com o livro de Gênesis, no princípio DEUS criou todas as coisas, criou também no mundo os seres vivos. E nessa natureza criada por DEUS, observamos no mundo animal que os pares sempre são constituídos por macho e fêmea, não existe um “meio” termo!
Ora, quando na criação do homem, não foi diferente... Eis o relato bíblico da criação do homem:
“E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou.” (Gênesis 1:27)

Em lugar algum da Bíblia encontramos DEUS criando um homem ou mulher “gay”. Pelo contrário, a situação homossexual (gay) não é original, sendo antes o produto de escolhas feitas e atitudes tomadas. DEUS faz o ser humano como “macho” ou como “fêmea” simples assim. Entretanto estes, com o passar do tempo vêm a se desviar do propósito de DEUS para suas vidas, de modo que o homem vem a efeminar-se ou a mulher a masculinizar-se.
As pessoas que têm escolhido uma identidade sexual oposta àquela que lhes foi dada ao nascerem são polidamente chamadas de “gays”. Certamente que devemos amar tais pessoas sem jamais discriminá-las, pois a despeito de suas preferências sexuais, são pessoas amadas por DEUS, pois o amor de DEUS é incondicional, e vai além de sua situação.
Ainda assim, julgo importante que se saiba que a posição dos gays, lésbicas, bissexuais, homossexuais, travestis, transexuais e afins não é apenas fruto de uma posição psíquica ou fisiológica (pois há quem diga ser um homem em corpo de mulher ou vice-versa, pois isso caracterizaria uma transmigração de alma, algo impossível).
Antes, a situação dessas pessoas é puramente de ordem espiritual, e aqueles que já foram fizeram parte desse grupo de pessoas e tiveram um encontro real com o CRISTO VIVO sabem do que estou falando!!
Ninguém nasce gay! Assim como ninguém nasce travesti, ou homossexual, ou lésbica, ou transexual. Essa é uma situação fora dos padrões Divinos ocasionada por influência espiritual, mesmo que tenha ocorrido em tenra infância! Através dessa influência, a pessoa optou por escolher um caminho totalmente oposto àquele que DEUS designou para ela. Entretanto, basta um encontro REAL com o CRISTO REAL E VIVO para que essa pessoa volte-se para DEUS e assuma a identidade com a qual DEUS lhe formou, deixando, certamente, a posição gay!
Contudo, tal encontro e transformação só poderá ocorrer quando a pessoa em tal situação (e não somente ela, mas também qualquer pessoa em situação oposta à vontade de DEUS) resolverem voltar-se para DEUS e escolher o que DEUS tem para elas – que certamente é sempre o melhor e perfeito.
Enquanto o homem (ou a mulher) encontrarem-se satisfeitos com sua situação e condição (homossexual, gay, etc... como também poderia colocar aqui os alcoólatras e adictos) nada e ninguém poderá demovê-lo(a) de sua condição, nem DEUS. Isto porque Seu amor por nós é incondicional porém a transformação deve ser opção nossa. ELE não invade nossas vidas e personalidades para nos tornar o que quer que sejamos, antes respeita nosso livre arbítrio. Contudo espera que O busquemos de forma sincera, desejando a Sua vontade acima de tudo.
Quando finalmente despertamos para a realidade de que DEUS tem o melhor para nós e quando O buscamos, ELE se move em nossa direção e milagres acontecem, de forma que vencemos nossas fraquezas e imperfeições e conseguimos adentrar nos propósitos Divinos, no Caminho que ELE traçou para cada um de nós.
Em suma, se você conhece alguém que é gay, não o despreze! Ame-o! Trate-o como gostaria de ser tratado, a despeito de suas idéias. Pois é isto que JESUS ensinou! Saiba que aos olhos de DEUS não há diferença alguma entre um pecado e outro, todos são iguais e têm o mesmo salário – a morte!
Portanto, diante de DEUS o gay não é pior que o fofoqueiro ou que o maldizente. Não é pior que o moralista caloteiro ou o religioso arrogante e soberbo. Talvez não sejamos gays, mas e quanto à ira? E a mentira? Será que nunca mentimos? JESUS afirma que o pai da mentira é o diabo. E a inveja... A cobiça... A preguiça... A maledicência... Há um sem número de pecados que poderiam ser aqui listados, um ou outro certamente fariam parte de nossa existência. Isto porque todos nós, sem exceção, somos  pecadores. Inclusive eu e você!  E não importa o tamanho que nós demos a certos pecados em detrimento de outros, aos olhos de DEUS, cada um deles nos faz “candidatos ao inferno”.
Somente a vida em CRISTO JESUS nos livra da morte e da condenação do inferno e nos faz “candidatos ao céu”. E isto não porque venhamos a ser melhor que outros, pois somos todos iguais. Não é por algum feito nosso. Mas é unicamente pelo sacrifício de JESUS CRISTO realizado pela humanidade, e pela obra do ESPÍRITO SANTO realizado nas vidas que Lhe pertencem e através daqueles que se renderam a ELE.
Para finalizar, se você é gay ou faz parte desse grupo tão discriminado pelos “moralistas” da sociedade, e gostaria de ser conduzido por DEUS e conhecer a Sua vontade para sua vida, busque-O com sinceridade e verdade. Busque-O de todo o seu coração. ELE se revelará à você. Estou certo disto! E, se de algum modo eu puder ser parte nesse processo, me escreva.