domingo, 25 de maio de 2014

O Reino de DEUS (Parte IV)

       Continuando nosso estudo em relação ao Reino de DEUS, vamos analisar, a partir deste momento, o que é necessário para que se possa entrar nesse Reino.

       Em João 3:3,5 o próprio JESUS afirma que é necessário “nascer de novo” para “ver” o Reino de DEUS, e sendo um pouco mais “explícito”, afirmou que é necessário “nascer da água e do espírito” para entrar no Reino de DEUS.

       Tendo no Seu coração o firme propósito de estabelecer Seu Reino na Terra, DEUS precisava selecionar os súditos desse reino. Por Sua misericórdia, ELE resolve fazer uma “proposta”, um “convite” aos descendentes de Abraão, os hebreus.

       Retrocedendo um pouco na história da humanidade, sabemos que quando escolheu desobedecer a DEUS, Adão entregou o domínio da Terra, que havia sido entregue nas suas mãos, à Satanás, ao Diabo (LC. 4:5,6; 1 JO. 5:19; EF. 2:2,3; RM. 8:19-23). DEUS, entretanto, não mudou Seu propósito para a humanidade, nem tão pouco para a Terra.

       Assim que, séculos mais tarde, quando por meio de Moisés ELE tira os descendentes de Abraão do Egito, volta a falar do desejo de Seu coração: Um Reino.

"Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha.E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel."  (Êxodo 19:5,6)

       O versículo 6 manifesta o desejo do coração de DEUS… “vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo”. DEUS criou a Terra para ter nela um povo Seu, santo… Um reino de sacerdotes, de homens que O buscassem, que O manifestassem, que O expressassem.

       Entretanto o povo não quis se aproximar de DEUS… Ordenou a Moisés que subisse ao monte Horebe (Sinai) ao encontro de DEUS, enquanto eles o esperariam ao pé do monte…

       Esse comodismo ainda hoje é visto no meio religioso… A multidão elege seus “líderes”, escolhe seus “ministros”, para que estes “se aproximem de DEUS”, enquanto que eles “ficam ao pé do monte”, buscando satisfazer suas concupiscências, e depois “seu líder lhes traz as palavras de DEUS”.

       Esse não é o coração de DEUS! Esse não é o Seu desejo! DEUS deseja que cada um de nós nos aproximemos dELE, busquemos comunhão com ELE, busquemos intimidade com ELE.

       E ainda que encontremos na Bíblia Sagrada, na Palavra de DEUS o estabelecimento de lideranças no seio da comunidade de cristãos, no seio da Igreja de CRISTO (Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e doutores – Cfe. 1 CO. 12:28; EF. 4:11-16), essas pessoas, capacitadas por DEUS através do Seu ESPÍRITO SANTO, têm um único objetivo: A edificação do Corpo de CRISTO – A Igreja… Seu alvo é levar cada cristão, cada crente, cada discípulo de JESUS a se aproximar de Sua Pessoa, estreitando Sua comunhão e relacionamento com ELE de tal forma que DEUS possa expressar-se por meio de cada um.

       O ESPÍRITO SANTO não capacita pessoas com dons sobrenaturais (espirituais) com o objetivo de formar grupos independentes, religiões, denominações… Não! O propósito dos dons é unicamente a edificação da Única Igreja de CRISTO, que é Universal, que é local, que se identifica com CRISTO, que inclui “todos” os filhos de DEUS, e não apenas aqueles que seguem determinada liderança ou determinada doutrina.

       O propósito dos dons, é para que não haja divisão no Corpo de CRISTO, antes os membros cuidem uns dos outros – 1 Coríntios 12:25.

       A gama de religiões chamadas cristãs de nossos dias é uma afronta à Obra de CRISTO! Cada “nome” (placa, denominação, grupo, religião, “igreja”) que se levanta na sociedade na verdade promove a expansão do governo de satanás na sociedade, e não o governo de DEUS, pois estão formando “facções”, “divisões” no Corpo de CRISTO que deve ser UM. Em 1 Coríntios 3 Paulo adverte contra as divisões, contra o partidarismo por “preferência de líder”. Não encontramos, na Bíblia, qualquer margem para que “formemos nosso grupo religioso”, para que “fundemos nossa igreja” porque a Igreja é o Corpo de CRISTO – Efésios 1:22,23 – é a casa de DEUS – 1 Timóteo 3:15 – somos nós, os cristãos – Hebreus 3:6.

       A Palavra de DEUS nos afirma categoricamente que DEUS não habita em templos feitos por mãos humanasAtos dos Apóstolos 7:48; 17:24. Mesmo assim os líderes religiosos de nossos dias se preocupam com suntuosos e luxuosos templos, se preocupam em construir um edifício e nele afixar um nome que diferencie as pessoas que ali se reúnem das demais… Isso não é originado no Espírito Santo, mas em Satanás, que levou os homens, com esse mesmo pensamento, a construir a Torre de Babel – Gênesis 11:4.

       Vemos, portanto, que esse pensamento de levantar um nome – que não o de CRISTO – não tem outra origem senão o próprio adversário de DEUS – veja Tiago 3:13-18.

       Portanto, se pretendemos buscar o Reino, o Governo de DEUS sobre nossas vidas, temos que buscar a Sua vontade em todas as coisas, inclusive em relação à forma como nos reunir para desfrutar da Vida que ELE nos tem dado.

        Para que entremos no Reino de DEUS, precisamos “nascer de Novo”, “nascer da água e do Espírito” (João 3:3,5). Veremos isso na próxima postagem…

http://2.bp.blogspot.com/-OBzFRTMBkrQ/T0EdceoP6vI/AAAAAAAAAKQ/fHXX3Rm93jE/s400/405180_246156552130624_209334765812803_554474_449469806_n.jpg( continua…)