quinta-feira, 5 de maio de 2011

O Cristão e o Homossexualismo

       Caro(a) leitor(a),


       Atualmente está havendo uma grande confusão com relação à posição do cristão (seguidor de JESUS CRISTO) em relação aos homossexuais, de modo que equivocadamente estão nos taxando de homofóbicos. Isto não é verdade. 
      A despeito de qual seja sua orientação sexual, ou formação cultural e religiosa, há que se ter em mente o que é, de acordo com a etimologia da palavra, a homofobia. Vejamos então o que é, e qual a nossa posição (verdadeiros cristãos, e não puritanos religiosos) em relação àqueles que são homossexuais ou têm práticas e pensamentos diferentes dos nossos.



       Dentro dessa definição do que venha a ser a "homofobia", podemos afirmar de modo convicto que aqueles que são verdadeiramente cristãos - não religosos puritanos, não têm repulsa pelos homossexuais.
       Entretanto, tendo por base o fato de que os cristãos são aqueles que seguem o Evangelho do SENHOR JESUS CRISTO, há que se considerar que nossa fé tem unicamente por base os princípios espirituais e a prática norteadora da Bíblia Sagrada. Para nós, cristãos de fato e de verdade, a Bíblia é a Palavra de DEUS escrita, não meramente um livro antigo e ultrapassado, como podem considerar alguns (que não têm o Espírito de CRISTO). Dentro dela, encontramos a RHEMA, que é a Palavra Revelada, e também a Palavra geral, com princípios amplos e válidos também para nossos dias.
       Em relação à prática sexual, de acordo com os ensinamentos e princípios da Bíblia, estes deverão ser praticados unicamente dentro do casamento, sendo este último, a união entre duas pessoas de sexo oposto - dentro dos princípios bíblicos, logicamente.
       Quando, entretanto, nos encontramos com alguém cuja preferência sexual e pensamentos sejam divergentes do que cremos, não deve nossa atitude ser de repulsa, nem de ódio ou preconceito, porque nosso SENHOR JESUS CRISTO não discriminava ninguém em Seu amor Ágape.
       Devemos, pelo contrário, expressar o amor de CRISTO para com todos - até mesmo para com o homossexuais, lésbicas, transexuais, bissexuais, prostitutas  e todos os tipos de pessoas, pois é isso que a Bíblia nos orienta, e é a isso que o ESPÍRITO SANTO nos conduz.
       Ainda que DEUS abomine o pecado, ELE ama o pecador, ELE ama aqueles que não O conhecem e devemos fazer o mesmo.
       Até porque a questão do homossexualismo, e outras práticas contrárias aos princípios Divinos não são tanto uma questão de atitude e ação quanto de natureza. E somente uma mudança de natureza poderá levar as pessoas (todas elas, mesmo os homossexuais e afins) a experimentar a libertação de DEUS, Seu amor e Seu poder transformador que os elevará de uma condição inferior (que, aliás é também a nossa própria condição, mesmo sendo heterossexuais) para uma condição elevada - a vida de CRISTO.