sábado, 9 de julho de 2016

A IGREJA, SEU FUNDAMENTO E SUA BASE

Leitura:

MT. 16:18
1 PE. 2:4,6-8
1 CO. 3:11



JO. 17:20-22………………

AT. 2:41-47; 4:32-25;…….
AT. 5:28……………………(encheste “Jerusalém”)
AT. 6:7……………………..( … em “Jerusalém”)
AT. 8:1……………………..(… a Igreja que estava em Jerusalém)
1 CO. 1:2………………….(à Igreja em Corinto)
1 TS. 1:1…………………..(à Igreja dos tessalonicenses)
AP. 1:4,11………………….(às sete igrejas que estão na Ásia)
1. à Igreja que está em Éfeso (cidade)
2. à Igreja que está em Esmirna (cidade)
3. à Igreja que está em Pérgamo (cidade)
4. à Igreja que está em Tiatira (cidade)
5. à Igreja que está em Sardes (cidade)
6. à Igreja que está em Filadélfia (cidade)
7. à Igreja que está em Laodicéia (cidade)



O ESPÍRITO SANTO, por meio do apóstolo Paulo, compara a Igreja à uma “lavoura” e também à um “edifício” – 1 Coríntios 3:9. Efésios 2:21.

É sobre a segunda comparação que pretendo lhe trazer uma reflexão neste dia.

Escrevendo aos cristãos na cidade de Corinto, ao compará-los a um “edifício”, Paulo menciona a existência de um único fundamento – 3:11.

Atualmente, a maioria dos cristãos – se não todos – tem muita clareza de fé no que diz respeito ao “fundamento” mencionado por Paulo; entretanto, a despeito disto, apenas bem poucos cristãos têm visto a revelação trazida pela Palavra de DEUS com relação à base da Igreja de CRISTO.

Ainda que preguem a JESUS como sendo o único fundamento da fé, como único e suficiente SENHOR e SALVADOR, entretanto, a maioria dos filhos de DEUS tem “se perdido” quanto à “base” do “Edifício de DEUS” (Igreja), razão pela qual são observados tantos “grupos religiosos” ou tantas assim chamadas “igrejas” em nossos dias.

Hoje vemos inúmeras “hegrejas” (“hegrejas” e não “igrejas”, já que seguem heresias – doutrinas e práticas contrários ao que JESUS e os apóstolos praticavam e ensinavam), e cada uma delas tem sua própria “base” de edificação.
Algumas têm sua base em certos líderes; outras, têm sua base em certas “doutrinas”; outras, ainda, tem sua base em determinadas práticas ou liturgias. Finalmente, também, algumas têm sua base em seu “estatuto de fé”.
Todas elas pregam a JESUS CRISTO, todas usam a Bíblia, a Palavra de DEUS. O fundamento que lançam pode até estar certo – se pregam o JESUS das Escrituras. Entretanto, o problema delas não está no fundamento e sim na base.

Para compreendermos claramente o problema, aos olhos de DEUS, dessas que prefiro tratar por “hegrejas”, peço que considere comigo as figuras a seguir, quanto à “edificação de uma casa ou edifício”.

Aquilo que a Bíblia chama de fundamento, é conhecido na construção civil como “alicerce”… Na verdade, fundamentação e “alicerces” são sinônimos.
Vejamos, então, um exemplo de construção para entendermos a diferença entre “fundamento” e “base”…
http://s3.amazonaws.com/magoo/

Na estrutura de uma construção, seja ela uma casa ou um edifício, o alicerce ou fundação/fundamento é a parte que ficará oculta, sob o solo. Sobre o fundamento, então, será feita uma “base” (o piso, chão).

http://www.casadois.com.br/construir/construcao-comeco-ao-fim/wp-content/uploads/2015/11/

Neste segundo exemplo de construção, vemos as casas (seus fundamentos e suas bases).

É muito comum que construtores inexperientes cometam erros ao levantarem uma construção… Principalmente no que diz respeito à construir em terreno impróprio para determinadas construções. O mesmo vem acontecendo com os líderes religiosos. Lançam o fundamento de forma correta, mas sua base está errada. E com isto, comprometem toda a construção.

http://s2.glbimg.com/N1eskFrvabv9x3tAm2d7_8KmwxA=/300x225/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2014/09/16/

Como o próprio JESUS afirmou: “Toda planta que meu Pai Celestial não plantou, será arrancada”.(Mateus 15:13)

Quando DEUS ordenou a construção do tabernáculo no deserto, não deixou que o homem escolhesse ou ditasse os critérios da construção, nem dos materiais. Aliás, DEUS estabeleceu tudo nos mínimos detalhes. Seria diferente com a Igreja que é hoje, a Sua casa? De modo algum!

DEUS não aceita o que não é feito por ELE, nem o que não está nos Seus padrões.

JESUS afirmou isso quando disse que o Pai “arrancaria” o que não foi plantado por ELE. Veja o contexto de Mateus 15:8-14. Nessa passagem está sendo analisada a forma de adoração e a religião dos fariseus. E o que dizer das religiões de nossos dias?

Como poderíamos conciliar o texto de 1 Coríntios 14:33 (DEUS não é DEUS de confusão) com João 17:20-22 (a oração que JESUS faz por Seus seguidores), com a prática do que chamam de cristianismo de nossos dias?

Na Bíblia, a única base estabelecida pelo SENHOR para a edificação de Sua Igreja é a localidade. Isto é, uma cidade, uma igreja. Ou uma igreja em cada cidade. Tudo o que ultrapassar isto é apostasia, heresia… E, portanto, reprovado pelo SENHOR!

Surge, então, a pergunta: “Sobre que base você está edificando e sendo edificado(a)?”. De que forma se identifica espiritualmente? Em 1 Coríntios 3:1-4, Paulo está advertindo aqueles que, segundo a passagem, são “carnais” (veja as obras da carne em Gálatas 5:19-21), pois estão “identificando-se com nomes de líderes” – “eu sou de Paulo”, “eu sou de Apolo”, etc.

Hoje temos muitos outros “títulos” ou “placas” pelos quais as pessoas gostam de identificar-se quanto à sua fé. E você? Como gosta de identificar-se?  Não basta-lhe identificar-se como “cristão” (seguidor de CRISTO)? Precisa também de um título religioso?

Pense nisto!