sexta-feira, 30 de setembro de 2016

QUANDO O MAL SE INFILTRA NA CULTURA DE UM POVO

Cantigas de Roda

       A Palavra de DEUS nos adverte, em 1 João 5:19 dizendo que "o mundo inteiro jaz no maligno"...

"Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno." 1 João 5:19
Portanto, precisamos estar atentos à "cultura" e aos "sistemas" deste mundo, pois certamente que o maligno tentará, muito sutilmente, introduzir em todas as coisas alguma coisa que leve as pessoas a seguirem um caminho contrário ao desejo de DEUS.

Quero dizer com isto, que há, em muitas (senão em todas) as culturas algum elemento maligno, camuflado, cujo intuito é levar as pessoas a se associarem ao "príncipe deste mundo" em sua rebelião contra DEUS. E podemos encontrar a sutileza de satanás em coisas até aparentemente "inofensivas", como as cantigas de roda ou canções de ninar, como já vimos num artigo anterior. 

       Desconheço uma pessoa que, durante a sua infância, não tenha ouvido pelo menos uma "cantiga de roda", ou "cantiga de ninar"... Aquelas canções que as crianças cantam quando brincam de roda - aliás, brincadeira que está ficando rara em nossos dias, com tantos brinquedos eletrônicos - ou cantigas de ninar (aquelas que mães e avós cantam enquanto embalam as crianças para que durmam).
       Da mesma forma, conheço pouquíssimas pessoas que param para fazer uma avaliação crítica, à luz da Palavra de DEUS, quanto ao que é cantado nessas músicas aparentemente inocentes.
       Quero neste curto espaço, analisar com você duas cantigas, já que uma delas foi analisada num artigo anterior (Boi da cara preta)...
Resultado de imagem para cantigas de roda
        Se procurarmos na web algo sobre "Roda Cutia" ou "Escravos de Jó", não encontraremos nada que cause preocupação, pois desconheço algum artigo que fale a respeito... Entretanto, orando e analisando as culturas de nossa civilização (humana) à luz da Bíblia Sagrada, e dos princípios que DEUS nos deixa em Sua Palavra, acredito que há certos fatos que precisam ser bem analisados, quando vamos pronunciar alguma palavra ou "cântico", já que, como diz a Bíblia, "a morte e a vida estão no poder da língua".

"A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto." Provérbios 18:21

Convido você a examinar comigo dois acontecimentos narrados na Palavra de DEUS. Peço que examine o contexto de cada acontecimento...
O primeiro encontra-se registrado nas seguintes passagens:
MT. 26:34; MC. 14:30; LC. 22:34 
Leia também MT. 12:25; MC. 3:25; LC. 11:17

No primeiro grupo de passagens encontramos JESUS conversando com Pedro, e avisando-o de que este o iria negar. Diante da negativa de Pedro dessa possibilidade, JESUS então afirma que "antes que o galo cante", Pedro O negaria três vezes. Vale salientar a verdade do segundo grupo de passagens, onde JESUS mostra que toda casa dividida contra si mesma, não subsistirá.

Agora, juntando as coisas, podemos ver que Satanás, que estava cirandando Pedro (LC. 22:31; MT. 16:23; 1 PE. 5:8...) intentou fazer a "Casa de DEUS, a Igreja que JESUS pretendia edificar" (MT. 16:18; HB. 3:6; 1 TM. 3:15; JO. 14:23...) cair. 
"O galo cantou e a casa caiu..." é uma frase quase inocente na cantiga "Roda Cutia"... Mas analise-a dentro do contexto dessas passagens bíblicas, dentro dos fatos aqui narrados...

"Roda cutia, de noite, de dia (roda, ciranda), o galo cantou, e a casa caiu..."
Mas a Casa de DEUS, a Igreja, não caiu! Louvado seja DEUS.

Num próximo post vamos analisar "Escravos de Jó"... Aguarde!!!