quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

ARREPENDEI-VOS

http://image.slidesharecdn.com/comonosdiasdeno5-120312193702-phpapp02/95/
Leitura: MT. 3:2; 4:17; / MC. 6:12 / AT. 2:38
http://1.bp.blogspot.com/-mvjQ68pC7gw/TaW9eKQgi7I/AAAAAAAAAdU/Fsy7joAlmWk/s1600/“Arrependei-vos”… Esta ordem peremptória antecede o crêr e o ser batizado; é imperiosa na pregação do Evangelho do Reino de DEUS. JESUS ordenou que fizéssemos discípulos (MT. 28:19). Em MC. 16:15,16 a ênfase está na pregação do Evangelho, no crêr e ser batizado. Entretanto, o arrependimento é quisito fundamental para quem quer obedecer o Evangelho.
Claro que há quem discorde…. Muitos pensam: “Sou uma boa pessoa; não mato, não roubo…Não há de que me arrepender, pois procuro sempre ajudar as pessoas”. É assim que você pensa?
A verdadae é que precisamos nos arrepender todos os dias e cada dia! Nossa natureza é má! Somos egoístas… Não amamos a DEUS, mas amamos os prazeres do mundo. Amamos a mentira, e gastamos nosso tempo e recursos com ela… Como consequência, vivemos uma vida independente – de DEUS e das pessoas – pois gostamos da “independência”. Quando precisamos escolher entre a verdade e a mentira, quase sempre optamos pela mentira.
Entre assuntos carnais e espirituais, a carne vence quase sempre. Não admitimos,  mas esta é a realidade da maioria de nós. Além disso, fazemos nossas escolhas e tomamos as nossas decisões como se DEUS não existisse, ou como se o que a Bíblia diz não se aplicasse às nossas vidas.
Por quê afirmo (com tristeza) isso?
Reflitamos um pouco…
* Não amamos a DEUS… – Em João 14:23 JESUS faz a seguinte afirmação: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra…”, e em Tiago 4:4 a Bíblia nos afirma que quando somos “amigos do mundo”, somos “inimigos de DEUS”, pois “o mundo todo jaz no Maligno” (1 JO. 5:19).
Das vinte e quatro horas do dia, quanto tempos nós investimos com a Palavra de DEUS? Que proporção desse tempo nós temos empregado em oração, meditação na Palavra de DEUS e em comunhão com CRISTO?
Em contra-partida, quanto tempo, esforço e recursos tempos gasto para “comer bem”, “beber bem”, “vestir bem” e “ter conforto”?
Quanto temos nos esforçado por um “salário melhor”, “uma casa melhor”, “um carro melhor” ou uma “aparência melhor”?
Acreditamos que essas coisas nos farão ter “uma vida melhor”, e ignoramos, de todo, a ordem do próprio JESUS registrada em Mateus, no capítulo 6 e nos versículos 19 e 33: “Não ajunteis tesouros na terra,… Mas buscai em primeiro lugar o Reino de DEUS e a Sua justiça, e todas essas coias vos serão acrescentadas”. (MT. 6:19,33).
Para que tenhamos uma “vida melhor”, é necessário que recebamos a “Vida de CRISTO” e que permitamos que essa vida cresça em nós. Somente pela ação do Espírito Santo através da Palavra de DEUS é que isto poderá acontecer; entretanto, esse agir de DEUS necessita da vontade humana… DEUS não nos força a viver para ELE; nos oferece e propõe uma vida elevada e excelente, mas a “escolha”  é nossa. A decisão é nossa, conforme podemos ver em DT. 30:15-19; JR. 21:8; JO. 1:11,12 e outras referências.
Lamentavelmente, porém, as pessoas não estão dispostas a chegarem-se a JESUS para terem vida – JO. 5:40.
Para termos em nossa vida a Presença de DEUS, é necessário que nos “acheguemos a DEUS” – TG. 4:8.
Quero, portanto, convidar você a tornar este ano de 2016 um ano de “Novidade de Vida”. Que possamos buscar arrependimento, nos arrependendo de termos negligenciado o Reino de DEUS e que, a partir deste momento, o Reino de DEUS, o Governo de CRISTO seja nossa meta a cada novo amanhecer. Que passemos a empregar nossos esforços e recursos numa única direção: nos tornar verdadeiros discípulos de JESUS, verdadeiros filhos de DEUS.
Que não sejamos pessoas vazias, nem usemos uma religião como identificação de nossa fé; que o Espírito Santo nos encha e transborde em nós, e que nos identifiquemos unicamente como “cristãos”, pois qualquer outro tipo de “rótulo” ofende a santidade de DEUS (RM. 1:6; 1 CO. 3:1-4. AP. 17:1-5).
Que possamos amar mais ao SENHOR JESUS, e que gastemos mais tempo diante dELE e da Sua Palavra, que é a Verdade (JO. 14:6, 17:17), do que diante das mentiras transmitidas pelos aparelhos modernos de nossa época, pois “o Diabo é o pai da mentira” (JO. 8:44), até mesmo das mentiras mais belas e atraentes, capazes de nos seduzir, envolver e embaraçar – HB. 12:1.2; 2 TM. 2:1-5; 1 CO. 10:21,23,31) – nos impedindo de correr pelo Caminho que DEUS preparou para nós.

Queremos isto???